Trial version, Version d'essai, Versão de teste

Analytical summary - Non-communicable diseases and conditions

From AHO

Jump to: navigation, search

The English content will be available soon.

Em Cabo Verde regista-se doenças não transmissíveis que são consideradas importantes pela sua frequência e gravidade, cuja incidência e prevalência não estão ainda integralmente quantificadas, nomeadamente, as doenças cardiovasculares incluindo a hipertensão arterial, cardiopatias isquémicas e os acidentes vasculares cerebrais, insuficiência renal crónica, diabetes, tumores malignos, particularmente gástricos e do foro genital, traumatismos diversos, deficiências nutricionais.

Rostos.jpg

As tabelas 4.10.2.1 e 4.10.2.2 indicam o peso dalgumas destas doenças no seio da população cabo-verdiana, o número de casos por sexo durante o ano 2010[1].

A situação nutricional e alimentar em Cabo Verde obrigou à programação de acções multissectoriais, que foram integrados no âmbito dum plano nacional de desenvolvimento socioeconómico. Nesse contexto, foram reforçadas as intervenções dirigidas às situações de mal nutrição e às alterações em micro nutrientes para a detecção precoce e adequada de novos casos e adopção das necessárias medidas preventivas e de recuperação e a continuação da promoção do aleitamento materno, exclusivo até os 6 meses.

As perturbações mentais, por sua vez, pela sua natureza subjectiva, contextual e complexa e suas características próprias, com destaque pela carga social, exigem a programação de actividades específicas, razão pela qual há que que integrar no conjunto de cuidados essenciais de atenção primária, actividades de promoção da saúde mental, junto das famílias e da comunidade, da prevenção, de diagnóstico precoce, de acompanhamento e garantia do tratamento.

Em relação a outras doenças não transmissíveis uma atenção particular é dada às situações de doença provenientes do desgaste biológico ou de causas ligadas ao sedentarismo, ao consumo das chamadas drogas licitas como o tabaco e o álcool e das ilícitas no sentido duma programação que preveja acções preventivas sobre as causas, sobre o diagnóstico e tratamento precoces, e ainda sobre respostas reabilitativas, nomeadamente ao alcoolismo.

Pela importância do consumo abusivo do álcool em Cabo verde, praticamente sem fronteiras de classes sociais nem de grupos etários a partir da adolescência e pelas consequências dramáticas do alcoolismo, o seu combate incide, particularmente na prevenção do consumo do álcool desde cedo, a partir da idade escolar, reforçando a aplicação da lei que proíbe a venda de bebidas alcoólicas entre os menores e a publicidade das mesmas[2]; a implementação do Plano de acção do Ministério da Saúde, contra o alcoolismo; a mobilização da sociedade e a sua sensibilização sobre a gravidade do risco e sobre a necessidade e possibilidades do combate ao alcoolismo.

O tabagismo é actualmente a primeira causa evitável de óbitos no mundo. Apesar do conhecimento relativos aos efeitos nefastos do tabaco sobre a saúde, o seu consumo continua a aumentar e a extensão da epidemia nos países em vias de desenvolvimento onde as medidas de luta são insuficientes, é uma realidade.

Em Cabo Verde o seu combate passa sobretudo pela protecção e prevenção. Proteger os jovens proibindo a venda de cigarros a menores; proteger os não fumadores do tabagismo passivo, sobretudo as crianças, jovens e grávidas pela aplicação da lei e informar e educar as comunidades para participar/adoptar as medidas contra o consumo do tabaco.

Os riscos de cegueira extremamente elevados, no país, obrigam a reunir as condições necessárias e suficientes para o combate eficaz à cegueira evitável ou susceptível de tratamento seguro. Para a maioria destas doenças, não existem estudos ou dados sobre as suas incidências.

As tabelas 4.10.2.1 e 4.10.2.2 apresentam alguns valores relacionados com algumas, nomeadamente os tumores, doenças cardiovasculares e outras.

Tabela 4 10 2 1.png

Tabela 4 10 2 2.png


Referências

  1. Política Nacional de Saúde, MS, 2007
  2. Lei nº. 271/V/97 – Lei que regulamenta a venda do álcool