Trial version, Version d'essai, Versão de teste

Analytical summary - Social determinants

From AHO

Jump to: navigation, search

The English content will be available soon.

MeninasDancando.jpg

A sociedade cabo-verdiana, os cidadãos e os sectores sociais e políticos, em particular, são chamados a reforçar o seu envolvimento na promoção de novos hábitos e estilos de vida e na alteração dos determinantes sociais e económicos, contra as doenças associadas à pobreza, à exclusão e à ignorância.

A rede actual de estabelecimentos de saúde, apesar do número e da diversidade de estruturas existentes, que garantem a 73% da população o acesso a cerca de meia hora de marcha, precisa ser ampliada, não só para completar a cobertura desejada do total das populações, como também, e em prioridade, assegurar nas cidades-sedes dos hospitais centrais e regionais uma atenção primaria de qualidade aos seus habitantes[1].

Governação não diz respeito unicamente aos governos. Tal como definido pelo PNUD, a governação é concebida “como exercício da autoridade política, económica e administrativa na gestão dos assuntos de um país e a todos os níveis.

A governação cobre todos os mecanismos, processos e instituições complexas por intermédio dos quais os cidadãos e os grupos asseguram a defesa de seus interesses, tentam amainar as suas divergências, exercem seus direitos e assumem as suas obrigações perante a lei» (OMS, Cadre pour l´évaluation de la gouvernance des systémes de santé dans les pays en développement: Passeport pour une bonne gouvernance)[2].


Referências

  1. Plano Nacional de Desenvolvimento Sanitário 2008-2011, MS, Vol. II, 2008
  2. Governação Do Sistema De Saude Em Cabo Verde, Relatório, OMS, 2008