Trial version, Version d'essai, Versão de teste

Analytical summary - Service delivery

From AHO

Jump to: navigation, search

Mais de 90% dos serviços de saúde em Moçambique são prestados pelo Serviço Nacional de Saúde que esta organizado, por ordem crescente de dimensão e complexidade, em quatro níveis, nomeadamente: a) O nível primário, que compreende os centros de saúde, urbano e rurais; b) O nível secundário, onde se encontram os hospitais gerais, rurais e distritais; c) O nível terciário, onde se encontram os hospitais das capitais provinciais; d) O nível quaternário, que é representado pelos Hospitais Centrais da Beira, Nampula e Maputo e os Hospitais Especializados [1].

O nível primário do SNS engloba um conjunto de acções básicas para a solução dos problemas mais vulgares na comunidade. Entre 70-80% dos problemas que motivam a procura de cuidados de saúde podem ser resolvidos a este nível[2]. Contudo, devido ao limitado número de profissionais qualificados, fraca capacidade de diagnóstico e ineficiente sistema de referência, uma proporção considerável acede ao Serviço Nacional de Saúde através dos níveis mais altos.

O nível secundário é mais diferenciado e desenvolvido apoiando o nível primário quer quanto aos problemas técnicos como organizacionais. Este nível resolve situações mais complexas para o nível primário, remetendo para os outros níveis de atenção (terciário e mesmo quaternário) a solução de todas as situações que ultrapassam o âmbito da sua competência. Os hospitais de nível secundário têm como função dispensar cuidados de saúde secundários e constituem o primeiro nível de referência para os doentes que não encontram solução para os seus problemas de saúde nos Centros de Saúde das suas zonas de influência.

Os hospitais provinciais têm como função fornecer cuidados de saúde terciários e constituem o nível de referência para os doentes que não encontram solução para os seus problemas de saúde nos hospitais distritais, rurais e gerais, bem como para doentes proveniente dos centros de saúde que se situam nas imediações do hospital provincial, e que não tem nem hospital rural nem hospital geral para onde possam ser referidos.

O nível quaternário tem um carácter regional e nacional, uma vez que estão a cargo dos três hospitais centrais existentes nas cidades de Maputo, Beira e Nampula, sendo cada um responsável por uma região do território nacional e os hospitais e hospitais psiquiátricos de Influene e de Nampula.

Referências

  1. O Hospital Central de Maputo difere-se das restantes unidades sanitárias do seu nível pelo facto de servir de referência nacional e principal hospital escola do país, por isso, concentra a maior parte dos poucos especialistas que o pais dispõe e apresente igualmente as melhores condições em termos que equipamento.
  2. As unidades sanitárias de nível primário são designadas Centros de Saúde e tem como funções fornecer cuidados Cuidados de Saúde Primários (CSP). Os Centros de Saúde classificam-se em Urbanos e Rurais. Os Centros de Saúde urbanos localizam-se nas zonas urbanas e, em princípio, os centros de Saúde Rurais localizamse nas zonas rurais.